ATER Agroecologia

A SOS Amazônia, em parceria com a Secretaria Especial de Agricultura Familiar e do Desenvolvimento Agrário (Sead), realiza no Alto Juruá Projeto de Assistência Técnica e Extensão Rural (ATER Agroecologia) para a promoção da Agricultura Familiar Sustentável. Com duração de 40 meses, a iniciativa tem a finalidade de trabalhar a produção agroecológica e orgânica nas Unidades de Produção Familiar (UPF) e destacar a necessidade de alternativas que visem a melhoria da produção rural, de olho no uso sustentável dos recursos naturais, ambientais, sociais e econômico.

Esta iniciativa visa consolidar e ampliar exemplos de agroecologia existentes, para a promoção do desenvolvimento local/territorial e de seus processos organizativos, considerando as diretrizes da Política Nacional de Agroecologia e Produção Orgânica (PNAPO).

Mais de 40 comunidades são beneficiadas com o projeto de ATER Agroecologia do SEAD/SOS Amazônia, alcançando cerca de 800 famílias, nos municípios de Cruzeiro do Sul, Rodrigues Alves, Mâncio Lima, Porto Walter e Marechal Thaumaturgo. Dentre as comunidades contempladas estão as do rio Juruá Mirim (Prainha I, Bahia, Formigueiro e Vista Alegre); rio Juruá (Carlota, Mujú, Grajaú, Besouro, Praia da Amizade, Pucalpa II e Nova Cintra).

Parceria: Sead

Acompanhe notícias sobre as atividades de ATER:

Falta de insumos coloca em risco a política de redução das emissões de gases do efeito estufa

Projeto ATER Agroecologia apresenta ações 2016 e desafios para este ano