Campanha incentiva o descarte corretos de materiais plásticos, alumínio e pilhas

A SOS Amazônia realiza, desde 2013, na cidade de Rio Branco, no Acre, a campanha SOS Reciclagem. O objetivo é promover a educação ambiental sobre a correta destinação dos resíduos sólidos recicláveis. O recurso arrecadado com a venda do material é destinado ao trabalho de monitoramento das desovas de quelônios ao longo do rio Juruá.

No bairro Cadeia Velha e redondezas, famílias são convidadas para participar de forma voluntária, entregando materiais plástico, alumínio e pilhas no Local de Entrega Voluntária (LEV SOS Amazônia).

Campanha SOS Reciclagem

Essa iniciativa arrecada cerca de 100 quilos/mês de plásticos (96%) e alumínio (4%), que são vendidos para o Sucatão Rio Branco, parceiro da instituição. No caso das pilhas, é feita a logística reversa desses resíduos junto aos seus fabricantes.

Para Miguel Scarcello, secretário geral da SOS Amazônia, a campanha gera muitos resultados positivos para o ambiente, no entanto, enfrenta muitos problemas. Um deles, é a sazonalidade do comércio dos plásticos aqui no Acre, para reciclagem em outros estados.

“Isso dificulta no processo de orientar a população, pois há meses que podemos receber sacolas plásticas coloridas e têm meses que não. Outro exemplo é o vidro, infelizmente há apenas comercialização para alguns tipos de garrafas. A solução passa por implementar as políticas públicas em diferentes frentes. Uma seria acelerar a implementação dos Planos Municipal e Estadual de Resíduos Sólidos, estabelecendo de vez a coleta seletiva, ao menos em Rio Branco, e implantando centros regionais de armazenamento. Outra frente é as empresas escolherem embalagens que sejam reusáveis ou comercializáveis para reciclagem aqui no Acre, algo que estimularia as pessoas a consumir de forma mais consciente”, explica Miguel.

Miguel falou também que outro fator determinante, para maior destinação de resíduos sólidos para reciclagem, é a redução de impostos, ou melhor, acabar com a bitributação sobre embalagens que podem ser recicladas em outros estados. Segundo ele, com esse incentivo, melhoraria a relação comercial ao pagarem valor mais alto aos catadores .

A SOS Amazônia desenvolve atividades e projetos de educação ambiental com a temática resíduos sólidos desde 1990.

Faça parte! Você destina materiais para reciclagem e ainda ajuda a proteger as tartarugas do Juruá!

Lista de materiais recicláveis

Pontos de Entrega Voluntária (PEV)

SOS Amazônia: de Segunda a Sexta-feira | das 8 às 17 horas [Localização]

Acompanhe a SOS Amazônia nas redes sociais | Instagram | Facebook | You Tube | Twitter

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *