Famílias agricultoras são beneficiadas com Sistemas Agroflorestais

Ícone de relógio mar 06, 2017

Como parte das ações do projeto Valores da Amazônia, realizado pela SOS Amazônia e com apoio financeiro do Fundo Amazônia/BNDES, várias famílias estão sendo beneficiadas pela adoção de Sistemas Agroflorestais (SAFs).

Com objetivo de implantar, desenvolver e melhorar as condições de vida dos produtores rurais pelo uso de modelo viável de produção alternativa e sustentável, foram entregues em Juruá, nas comunidades do Polo Agroflorestal, Bahia, Alto Pentecoste, Maloca e no Ramal do Batuque, diversos Kits de SAFS.

De acordo com informações da Técnica em Agroecologia, Francisca Lima, foram iniciadas nessas localidades e já em fase de conclusão, 19 áreas produtivas e com a previsão de mais duas até abril. Além da entrega de 2089 mudas, entre nativas e frutíferas (cacau, açaí, buriti, patoá, ingá, andiroba e cupuaçu).

“Além de visitas técnicas para orientação do controle e prevenção de pragas e doenças, e capacitações para as famílias beneficiárias, temos a missão de acompanhar todo o desenvolvimento e gestão da cooperativa de forma a garantir um bom crescimento desses produtos, gerando emprego e renda às famílias cooperadas e coletoras, ” afirma.

Comunitários já usufruem dos resultados dessas atividades. No município de Rodrigues Alves, por exemplo, foi constatado juntos as cooperativas Coopercintra e Amuralha, o avanço de áreas consideradas como locais de referência para outras comunidades.

“A implantação de SAFs em muitas dessas comunidades já estão 90% concluídas, e em outras áreas já é possível encontrar o dobro do que foi estipulado. Na amuralha, por exemplo, na propriedade da Dona Alzirete foi encontrado áreas com 80 plantas jovens de cacau, 10 de laranjas, 50 de bananas e 06 de Mogno. Esta beneficiária pretende ainda produzir 200 mudas de açaí, 105 de seringueira e 50 de cupuaçu, e implantará mais 30 mudas de banana e 20 de cacau, ” informa o Técnico Florestal, Renato Pereira.

Thauanna Xavier, Executiva Ambientalista da SOS Amazônia, explica que essas atividades foram realizadas em parceria com o projeto ATER Agroecologia.

“Houve uma colaboração do projeto ATER na realização dessas atividades, onde, além dos técnicos ajudarem na produção e distribuição de mudas, construção e limpeza dos viveiros e implantação dos SAFs, participamos também da realização de um torneiro de futebol, na qual a inscrição era a doação de mudas,” esclarece a Engenheira Florestal.

[av_gallery ids=’11877,11876,11867,11873,11872,11868,11878,11880,11869,11870′ style=’thumbnails’ preview_size=’portfolio’ crop_big_preview_thumbnail=’avia-gallery-big-crop-thumb’ thumb_size=’portfolio’ columns=’5′ imagelink=’lightbox’ lazyload=’avia_lazyload’]

 

Por: Deylon Félix

Próximos posts

Ícone de folha de árvore Seja Voluntário SOS Amazônia

Tem sede de ajudar a mudar o mundo a sua volta?
Seja um voluntário SOS Amazônia, inscreva-se e em breve entraremos em contato

Ícone de folha de árvore Associe-se a SOS Amazônia

O seu apoio é fundamental para continuarmos a trabalhar pelo futuro da nossa floresta, rios, animais e da humanidade.
Afilie-se agora!

Ícone de folha de árvore Faça parte da equipe SOS Amazônia

Tem interesse em trabalhar na SOS Amazônia?
Nos envie seu currículo e faça parte da nossa base exclusiva de currículos


Ícone de folha de árvore Seja Parceiro SOS Amazônia

Tem sede de ajudar a mudar o mundo a sua volta?
Seja um voluntário SOS Amazônia, inscreva-se e em breve entraremos em contato