Governo federal retira candidatura do PNSD a patrimônio natural da humanidade

Ícone de relógio fev 10, 2017

No momento em que cresce o desmatamento na Amazônia, o governo federal apresentou e retirou a candidatura do Parque Nacional da Serra do Divisor, no Acre, à patrimônio natural da humanidade junto à Unesco.
A desistência ocorreu depois de o Conselho de Defesa Nacional ter considerado que havia riscos à segurança nacional.
Para Miguel Scarcello, secretário geral da SOS Amazônia, trata-se de uma visão equivocada, sem consulta, sem discussão, o que é inaceitável. “Isso mostra claramente o desprezo do governo com a causa ambiental e a sociedade precisa se unir para reverter essa situação. E temos até segunda, 13, para tentar convencer o Itamaraty a retomar a candidatura do Parque”, disse.
Com o título de patrimônio, segundo Miguel, o Parque poderia receber mais recursos para a proteção, despertaria o interesse no ecoturismo, geraria mais oportunidades de empregos, mais desenvolvimento e valorização da cultura.
“Estão rejeitando, na verdade, maior visibilidade, prestígio, desenvolvimento e empregos para o Acre”, ressalta Miguel.

Próximos posts

Ícone de folha de árvore Seja Voluntário SOS Amazônia

Tem sede de ajudar a mudar o mundo a sua volta?
Seja um voluntário SOS Amazônia, inscreva-se e em breve entraremos em contato

Ícone de folha de árvore Associe-se a SOS Amazônia

O seu apoio é fundamental para continuarmos a trabalhar pelo futuro da nossa floresta, rios, animais e da humanidade.
Afilie-se agora!

Ícone de folha de árvore Faça parte da equipe SOS Amazônia

Tem interesse em trabalhar na SOS Amazônia?
Nos envie seu currículo e faça parte da nossa base exclusiva de currículos


Ícone de folha de árvore Seja Parceiro SOS Amazônia

Tem sede de ajudar a mudar o mundo a sua volta?
Seja um voluntário SOS Amazônia, inscreva-se e em breve entraremos em contato