Projeto Ater Agroecologia realiza atividades no Vale do Juruá

Ícone de relógio fev 09, 2017

A SOS Amazônia, por meio do projeto de Assistência Técnica e Extensão Rural (ATER Agroecologia), que tem apoio financeiro da Secretaria Especial de Agricultura Familiar e do Desenvolvimento Agrário (Sead), realizou várias atividades em comunidades ao longo do Rio Juruá.

Técnicos e famílias beneficiárias estiveram envolvidos durante todo o mês de janeiro e início de fevereiro em ações de desenvolvimento social e ambiental, que vão desde cursos de alimentação alternativa à soltura de tracajás.

Confira as atividades

IMG-20170201-WA0049[1]

Curso de Alimentação Alternativa

Curso de Capacitação em Reaproveitamento de Alimentos Alternativos

Com o intuito de levar estratégias que evitam o desperdício de alimentos, foi realizado, durante os dias 18 e 19 de Janeiro, na comunidade Cachoeira do Açaí, curso de alimentação alternativa, onde mais de 15 receitas com técnicas de reaproveitamento foram feitas.

Utilizando alimentos como a casca da banana, folhas de assa-peixe, casca de melancia, jerimum, entre outras opções, o curso dimensionou também aos participantes a riqueza dos alimentos alternativos, levando uma maior conscientização sobre o desperdício, produtos vitais para a saúde, a diversidade de proteínas e nutrientes presentes nos vegetais, verduras e frutas, além de dicas de higienização e riscos de uma ingestão abusiva.

Com carga horária de 16 horas, estiveram presentes técnicos da SOS Amazônia  e 16 produtores rurais, destes, nove mulheres.

Curso de Capacitação sobre Roçado Sustentável

Roçados Sustentáveis

Curso Roçados Sustentáveis

Com duração de 16 horas, foi produzido na comunidade Prainha I, nos dias 21 e 22 de Janeiro, curso de Capacitação sobre Roçado Sustentável.

Com ênfase na produção agroecológica a técnicas produtivas e ambientais, foi apresentado aos produtores os impactos causados pela agricultura convencional, que tem por principal efeito o desmatamento, além de consequências como a diminuição da fauna e flora local, o aumento da camada de erosão no solo, assoreamento dos rios e perda da fertilidade natural dos solos devido ao deslocamento de matéria orgânica.

Encorajando os produtores a seguirem uma nova forma de produção, foi passado também à importância da adubação verde para pequena propriedade familiar. Esta prática que acontece ao adicionar plantas da família das leguminosas nos solos, com intenção de enriquecê-los com nutrientes, funciona como uma excelente alternativa de recuperação de áreas improdutivas.

Reunião Temática voltada para questão social com o tema: Violência Doméstica

Reunião Temática: Violência Doméstica

Reunião Temática: Violência Doméstica

Sobre a temática violência doméstica, aconteceram nos dias 17 de Janeiro, na comunidade Cachoeira do Açaí, e 1 de Fevereiro, na comunidade Vista Alegre, reuniões para debater  este problema.

 Com a participação de mais de 20 produtores, sendo 11 na primeira comunidade e 10 na segunda, o encontro procurou capacitar e sensibilizar sobre as principais formas de violência contra as mulheres e retratação de como as mulheres eram vistas na sociedade e Legislação.

Durante a reunião social foi enfatizado aos produtores sobre as cinco formas de manifestação da Violência Doméstica e intrafamiliar, consideradas, segundo a Lei Maria da Penha como: Violência Psicológica, Violência Física, Violência Moral, Violência Patrimonial e Violência Sexual.

Para ressaltar o tema, foi feito uma atividade de encenação teatral retratando as formas de violências sofridas pelas mulheres.

Reunião Temática de Educação Ambiental

Vinte e quatro produtores rurais participaram da reunião temática sobre Educação Ambiental que aconteceu na comunidade Prainha, em Cruzeiro do Sul. Com o propósito de capacitar os participantes sobre preservação ambiental e conservação dos recursos naturais, técnicos da SOS Amazônia realizaram atividades práticas voltadas a este contexto. Foram passados aspectos técnicos para uma vida mais saudável, o controle sanitário ao redor das casas e igarapés e um torneio de futebol, na qual a inscrição era feita  por meio da coleta dos resíduos ao redor do campo e recolhimento de pilhas usadas.

Saiba mais sobre o Projeto ATER Agroecologia

Por: Deylon Félix

Próximos posts

Ícone de folha de árvore Seja Voluntário SOS Amazônia

Tem sede de ajudar a mudar o mundo a sua volta?
Seja um voluntário SOS Amazônia, inscreva-se e em breve entraremos em contato

Ícone de folha de árvore Associe-se a SOS Amazônia

O seu apoio é fundamental para continuarmos a trabalhar pelo futuro da nossa floresta, rios, animais e da humanidade.
Afilie-se agora!

Ícone de folha de árvore Faça parte da equipe SOS Amazônia

Tem interesse em trabalhar na SOS Amazônia?
Nos envie seu currículo e faça parte da nossa base exclusiva de currículos


Ícone de folha de árvore Seja Parceiro SOS Amazônia

Tem sede de ajudar a mudar o mundo a sua volta?
Seja um voluntário SOS Amazônia, inscreva-se e em breve entraremos em contato