Monitores comunitários recebem capacitação para analisar dados de parcelas permanentes na Resex Chico Mendes

Ícone de relógio jan 27, 2017

A SOS Amazônia e a Universidade Federal do Acre (Ufac), realizou em dezembro, por meio do projeto de capacitação para o monitoramento participativo de florestas em mudanças em áreas de uso sustentável no sudoeste da Amazônia Brasileira, a sexta oficina de capacitação de monitores para aplicação do Protocolo da Rede Amazônica de Inventários Florestais – Rainfor.

Destinada aos comunitários da Reserva Extrativista Chico Mendes, a oficina teve por objetivo analisar dados das parcelas permanentes instalados na Resex. Durante o encontro, os comunitários realizaram a análise dos dados que foram coletados ainda no curso anterior e instalaram parcelas de acordo com o protocolo Rainfor, na comunidade Cumarú, município de Assis Brasil.

Os participantes foram instruídos sobre manipulação e aplicações de planilhas eletrônicas na atualidade, organização de dados, e elaboração de gráficos. Fizeram ainda digitação e controle de qualidade dos dados coletados, verificando se houve erro durante todo o processo.

Após a análise das informações, foi iniciado o processo de manipulação com rotinas básicas de planilhas eletrônicas e em seguida, elaborado gráficos e tabelas, que são ferramentas para ilustrar os resultados, amplamente utilizadas para gerar discussões sobre o tema em questão. Com estas práticas, houve uma apresentação e debate das respostas encontradas, como por exemplo, a influência negativa do bambu sobre a floresta do leste do Acre.

“Essa forma de treinamento que possui ajuda de conhecimentos científicos é importantíssima, pois possibilita aos comunitários a oportunidade de uso de tecnologias que normalmente são utilizadas por alunos de graduação ou pós-graduação”, explica o assistente de pesquisa do projeto, Richarlly Costa.

Participaram da atividade a coordenadora Sabina Ribeiro, o assistente de pesquisa Richarlly Costa, a articuladora comunitária Fiama Lima, o pesquisador e colaborador Foster Brown, e as estudantes de pós-graduação Natália Vicente e Gabriela Souza.


Sobre o Projeto

O projeto Capacitação para o monitoramento participativo de florestas em mudanças em áreas de uso sustentável no sudoeste da Amazônia Brasileira se propõe a aumentar o entendimento sobre a biodiversidade florestal e o estoque de carbono no sudoeste Amazônico.

É resultante de uma parceria entre os professores do PPG em Ecologia e Manejo de Recursos Naturais (da Ufac), Sabina Cerruto Ribeiro (coordenadora do projeto / Engenharia Florestal), Fernando Augusto Schmidt (Ecologia) e Foster Brown (Parque Zoobotânico), com o professor Stephen Perz e a doutora Galia Selaya da Universidade da Flórida (UF).

Com duração de dois anos, esse projeto conta com a gestão financeira da SOS Amazônia. Grande parte das atividades é desenvolvida na Reserva Extrativista Chico Mendes. A expectativa da equipe é que os resultados do projeto sejam referência para o monitoramento da saúde das florestas no Acre bem como da sua conservação e uso sustentável para o século 21.

Essa iniciativa foi submetida e aprovada em um edital promovido pela U.S. National Academy of Sciences (NAS) em parceria com a United States Agency for International Development (USAID).

 

Por: Deylon Félix

Próximos posts

Ícone de folha de árvore Seja Voluntário SOS Amazônia

Tem sede de ajudar a mudar o mundo a sua volta?
Seja um voluntário SOS Amazônia, inscreva-se e em breve entraremos em contato

Ícone de folha de árvore Associe-se a SOS Amazônia

O seu apoio é fundamental para continuarmos a trabalhar pelo futuro da nossa floresta, rios, animais e da humanidade.
Afilie-se agora!

Ícone de folha de árvore Faça parte da equipe SOS Amazônia

Tem interesse em trabalhar na SOS Amazônia?
Nos envie seu currículo e faça parte da nossa base exclusiva de currículos


Ícone de folha de árvore Seja Parceiro SOS Amazônia

Tem sede de ajudar a mudar o mundo a sua volta?
Seja um voluntário SOS Amazônia, inscreva-se e em breve entraremos em contato