Muito amor e criatividade ao projeto Quelônios do Juruá #voluntáriomarcelo

Ícone de relógio nov 09, 2015

Ser voluntário

Ser voluntário é doar um pouquinho do seu tempo, trabalho e talento para causas de interesse ambiental e social, e com isso ajudar a construirmos um mundo melhor. E é isso que o Marcelo Augusto está fazendo, dedicando muito amor e criatividade ao projeto Quelônios do Juruá: Eu protejo.

Estudante do 7° período do curso de Ciências Biológicas da Universidade Federal do Acre (Ufac), Marcelo passou um mês idealizando materiais educativos, como palavras cruzadas, tabuleiros, bingo bio, quebra-cabeças, para serem usados durante as 20 reuniões temáticas de conscientização para conservação dos Quelônios do Juruá (tartarugas, tracajás e iaçás), destinadas às crianças e adolescentes da Reserva Extrativista Alto Juruá.

Em setembro, pegou sua mochila e partiu para Resex Alto Juruá, onde passou 23 dias promovendo a conscientização ambiental sobre os quelônios. Para ele, navegar os rios Tejo e Juruá, alcançando uma das comunidades mais distante do município de Marechal, a Foz do Breu, na fronteira Brasil/Peru, foi uma oportunidade de imersão em outros costumes e cultura, uma chance de vivenciar de perto comunidades praticamente isoladas e ter a chance de ensinar e principalmente aprender com elas.

Expectativas do voluntário Marcelo Augusto

Foi uma viagem para superar desafios, é fascinante conversar com pessoas que vivem no seu próprio mundo, com suas tradições e lendas, populações tradicionais da Amazônia.

Meus limites foram testados nessa viagem, o físico principalmente, são comunidades que só podem ser alcançadas por rio e que exigem uma logística muito grande, o psicológico também foi testado, viver a realidade dessas comunidades, entender seus problemas e aflições exige bastante ‘jogo de cintura’.

Tudo foi recompensador, saí dessa experiência mais biólogo e mais humano do que nunca, meus limites foram expandidos, assim como o senso de realidade e acima de tudo o respeito por nossa Amazônia.

Educação e Ambiente

Desde que entrei no curso de biologia sempre procurei me envolver em muitas atividades a fim de absorver ao máximo as experiências que a universidade poderia me oferecer. Passados três anos que estou na universidade, já atuei em pesquisas científicas com temáticas bem diferentes, que me ensinaram muito e mostraram o caminho que quero seguir. No meu último ano de curso, comecei a sentir uma imensa vontade de atuar em atividades fora da academia, atividades que envolvessem educação, contato com pessoas e biologia, é claro. Foi então que pesquisei na internet ONGs atuantes em Rio Branco e encontrei a SOS Amazônia, o interesse foi imediato tendo em vista o corajoso e audacioso objetivo da instituição: ‘Promover e apoiar ações que visem à preservação, conservação, defesa e recuperação ambiental, com prioridade para os ambientes da Amazônia’.

Ao entrar na SOS Amazônia fui envolvido em um projeto de educação ambiental, para mim, não poderia ter sido uma colocação melhor, afinal é uma mistura de duas coisas que amo: Educação e Meio Ambiente. Assim, posso desenvolver meus dois lados profissionais, o de professor de biologia e biólogo.

Hoje como voluntário da SOS Amazônia me sinto honrado por estar contribuindo para um mundo melhor, o fato de não ter nenhum retorno financeiro pelo trabalho que venho desenvolvendo na instituição em nada me incomoda, pelo contrário, me sinto muito bem pago, pago com desafios, convívio com pessoas competentes, experiências e muito conhecimento. Acho que ser voluntário é isso, doar um pouco do seu tempo, habilidades e interesse para boas causas, fazer a diferença no lugar onde você vive.

Tenho certeza que a experiência do voluntariado na SOS Amazônia me fará um profissional melhor e também uma pessoa mais humana.

As atividades foram realizadas  com o apoio do projeto de Assessoria Técnica, Social e Ambiental (ATES Resex/Incra) e em parceria com a Secretaria Municipal de Marechal Thaumaturgo.

Marcelo vive novas experiências e faz parte das transformações que deseja para um planeta mais justo e sustentável. Atualmente, ele está empenhado numa campanha para promover a cultura de doação. E você, o que faz para melhorar o mundo? Informe-se sobre essa campanha e doe mensalmente qualquer valor para a SOS Amazônia. (Doe agora)

Próximos posts

Ícone de folha de árvore Seja Voluntário SOS Amazônia

Tem sede de ajudar a mudar o mundo a sua volta?
Seja um voluntário SOS Amazônia, inscreva-se e em breve entraremos em contato

Ícone de folha de árvore Associe-se a SOS Amazônia

O seu apoio é fundamental para continuarmos a trabalhar pelo futuro da nossa floresta, rios, animais e da humanidade.
Afilie-se agora!

Ícone de folha de árvore Faça parte da equipe SOS Amazônia

Tem interesse em trabalhar na SOS Amazônia?
Nos envie seu currículo e faça parte da nossa base exclusiva de currículos


Ícone de folha de árvore Seja Parceiro SOS Amazônia

Tem sede de ajudar a mudar o mundo a sua volta?
Seja um voluntário SOS Amazônia, inscreva-se e em breve entraremos em contato