SOS Amazônia lança campanha de reciclagem com foco na proteção de quelônios

Ícone de relógio nov 07, 2013

Dando continuidade à comemoração dos 25 anos de atuação, a SOS Amazônia promoveu, nesta quinta-feira, 7, um café da manhã para lançar, oficialmente, a campanha SOS Reciclagem. A iniciativa tem por objetivos principais promover a educação ambiental sobre os resíduos sólidos e apoiar as atividades de proteção das desovas de quelônios ao longo do rio Juruá.

A ideia começou a ser colocada em prática em fevereiro de 2013, por meio de uma campanha experimental de educação, recepção e coleta de material reciclável, no bairro Cadeia Velha, envolvendo cerca de 20 moradores. Nesse período (fevereiro a julho) foram coletados, aproximadamente, 220 quilos de resíduos. A partir de agora, com a parceria da comunidade, do Supermercado Araújo (loja Aviário), Prefeitura de Rio Branco [Semeia] e o governo do Estado [Secretaria de Pequenos Negócios – SEPN], a campanha ganha mais capacidade de abrangência e logística.

Para Miguel Scarcello, diretor geral da SOS Amazônia, embora o recurso financeiro seja de suma importância, a campanha deve ser vista, sobretudo, pelo ganho ambiental que vai gerar.

“Além de pensar em soluções para o tratamento de resíduos sólidos na capital, a ideia surgiu para apoiar os ribeirinhos a fazerem a proteção das desovas de tartarugas, tracajás e iaçás ao longo do rio Juruá. São mais de 20 famílias voluntárias mergulhadas nessa causa e que precisam de apoio. E envolver as pessoas da cidade na luta pela conservação da nossa biodiversidade é, sem dúvida, uma oportunidade muito boa para criação de cenários sustentáveis”, observa.

Para não causar prejuízo a outras iniciativas, as ruas onde o Catar atua não serão contempladas com a campanha SOS Reciclagem.

Estiveram presentes na solenidade, o gerente de Marketing do Araújo, Rafael Coelho, a secretária Municipal de Meio Ambiente (Semeia), Sílvia Brilhante, secretária técnica da SOS Amazônia, Cida Lopes, coordenadora da CPI-AC, Malu Ochoa, gestora ambiental da Plasacre, Camila Consolo, agentes ambientais da Semeia, moradores da rua Pará e voluntários da campanha.

[box] Como funciona

No Supermercado Araújo, as pessoas são convidadas, por agentes ambientais, a entregar materiais plásticos e alumínio para reciclagem (em ponto localizado no estacionamento). Enquanto no bairro Cadeia Velha, estão sendo cadastradas 120 famílias para participar do projeto de forma voluntária. Algumas famílias já entregam seus resíduos na sede da SOS Amazônia. As que moram mais afastadas da sede vão selecionar o material e seguir o calendário de coleta divulgado pela SOS Amazônia.

Inicialmente, estima-se a coleta de 800 quilos/mês para ser comercializados junto à indústria Plasacre, um total mensal, de R$ 500,00, aproximadamente. De todo o dinheiro arrecadado, 27,5% será destinado a coleta dos materiais e gestão do processo, enquanto que 72,5% será investido na proteção das desovas de quelônios.

Conheça mais sobre as atividades de proteção

Canal SOS Amazônia [youtube]

Quelônios do Juruá1

Acesse Vídeo “Quelônios do Juruá: Eu protejo!” [Retrata as ameaças que os quelônios aquáticos (iaças, tracajás e tartarugas) sofrem na região do Alto Juruá/Acre e o trabalho desenvolvido, desde 2003, pela SOS Amazônia e ribeirinhos para promover a conservação dessas espécies].

Acesse fotos na página da SOS Amazônia no facebook. [/box]

Próximos posts

Ícone de folha de árvore Seja Voluntário SOS Amazônia

Tem sede de ajudar a mudar o mundo a sua volta?
Seja um voluntário SOS Amazônia, inscreva-se e em breve entraremos em contato

Ícone de folha de árvore Associe-se a SOS Amazônia

O seu apoio é fundamental para continuarmos a trabalhar pelo futuro da nossa floresta, rios, animais e da humanidade.
Afilie-se agora!

Ícone de folha de árvore Faça parte da equipe SOS Amazônia

Tem interesse em trabalhar na SOS Amazônia?
Nos envie seu currículo e faça parte da nossa base exclusiva de currículos


Ícone de folha de árvore Seja Parceiro SOS Amazônia

Tem sede de ajudar a mudar o mundo a sua volta?
Seja um voluntário SOS Amazônia, inscreva-se e em breve entraremos em contato