Jornal The New York Times relata exploração madeireira ilegal e corrupção em Ucayali

Ícone de relógio out 29, 2013

The New York Times, um dos maiores do mundo, publicou matéria  denunciando a exploração ilegal de madeiras e a corrupção de funcionários em Ucayali, região da Amazônia, onde uma das principais atividades é o comércio de madeira.

Segundo o jornal, há abundância de madeira exportada do Peru para o exterior, especialmente para os Estados Unidos, a maioria de forma ilegal. “O Banco Mundial estima que até 80% das exportações de madeira peruana são extraídos ilegalmente, com documentação falsa”, anuncia o jornal .

A reclamação refere-se também às espécies ameaçadas de extinção. O mogno, por exemplo, é transportado com documentos que aparecem como uma espécie diferente, uma prática que é feita com o consentimento de algumas autoridades coniventes com os madeireiros.

Corrupção na agenda

A denúncia menciona o caso de Francisco Berrospi, ex-fiscal ambiental de Ucayali, que alertou sobre a existência de corrupção de funcionários na região, fato que ele encontrou quando ele ocupou o referido cargo. Segundo Berrospi, vários madeireiros ofereceram-lhe dinheiro para parar de investigar alguns casos, ou fechar os olhos para essas práticas ilegais.

“O poder da indústria da madeira aqui é muito forte. A corrupção é terrível”, disse Berrospi para a imprensa estrangeira. Ele também destacou os vários obstáculos que os fiscaiss ambientais enfrentam no Peru. Um deles é o pequeno orçamento atribuído para a operação, já que a maioria dos crimes é cometida em áreas remotas. Realidade que leva, às vezes, a pagarem gás com o seu próprio dinheiro, disse ele.

Mas o orçamento não é a única frustração, segundo ele, muitas vezes, os juízes se aliam com os madeireiros . Em uma ocasião, Berrospi conseguiu apreender cerca de 70 árvores derrubadas ilegalmente, mas um juiz ordenou que ele devolvesse a madeira .

“Como posso enviar uma pessoa para a prisão ou colocá-los em julgamento por 70 pequenos troncos se eu posso ver milhares ou milhões de árvores que crescem aqui?” Teria dito o juiz disse .

Berrospi indica que continuou fazendo seu trabalho para cumprir a lei, mas sabia que era uma pedra no sapato para muitos e “tudo o que podiam fazer era se livrar de mim. Em seguida, foi destituído do seu cargo.

Falta de dados 

Em relação à quantidade de madeira exportada ilegalmente , o advogado da Sociedade Peruana de Direito Ambiental (SPDA), José Luis Capella , disse que “vai além dos números e porcentagens jogados no ar.

“O Estado precisa de mecanismos eficientes e eficazes, favorecendo o controle no início da cadeia e não com base nos papeis que podem ser forjados”, acrescentou.

Sobre o processo de uma certa quantidade de madeira ilegal se converta “legal”, observou que “começa em lugares com quase nenhuma presença do Estado. Que é agravado quando, como no caso de BERROSPI , um oficial tenta fazer o seu trabalho e encontra lacunas e obstáculos de um sistema que é indiferente a más práticas e corrupção ” .

“Em muitos lugares, não há presença do Estado, e não apenas para o controle da floresta. Se o Estado não está para atender às necessidades básicas, como saúde, segurança e educação, muito menos vai estar para controlar desmatamento ilegal”, disse.

• De acordo com o Departamento de Agricultura dos Estados Unidos , as exportações de madeira do Peru para os EUA aumentou este ano a US $ 20 milhões entre janeiro e julho, um aumento de 15 milhões no mesmo período de 2012.

(Foto reprodução/The New York Times)

(SPDA)

Próximos posts

Ícone de folha de árvore Seja Voluntário SOS Amazônia

Tem sede de ajudar a mudar o mundo a sua volta?
Seja um voluntário SOS Amazônia, inscreva-se e em breve entraremos em contato

Ícone de folha de árvore Associe-se a SOS Amazônia

O seu apoio é fundamental para continuarmos a trabalhar pelo futuro da nossa floresta, rios, animais e da humanidade.
Afilie-se agora!

Ícone de folha de árvore Faça parte da equipe SOS Amazônia

Tem interesse em trabalhar na SOS Amazônia?
Nos envie seu currículo e faça parte da nossa base exclusiva de currículos


Ícone de folha de árvore Seja Parceiro SOS Amazônia

Tem sede de ajudar a mudar o mundo a sua volta?
Seja um voluntário SOS Amazônia, inscreva-se e em breve entraremos em contato