Alerta! Peruanos estão explorando madeira no PNSD

Ícone de relógio fev 08, 2013

De 15 a 30 de janeiro a equipe técnica da SOS Amazônia visitou algumas famílias às margens do rio Juruá Mirim, igarapé Valparaíso e gleba Nova Cintra, para prestar assistência técnica visando a ‘Transição Agroecológica, Organização Social e Gestão da Propriedade, por meio de parceria com o  Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA).

Durante o trajeto, os moradores do Juruá Mirim denunciaram que o Parque Nacional da Serra do Divisor (PNSD) vem sendo invadido por madeireiros peruanos, e pedem às autoridades acreanas urgência na tomada de providências contra esses madeireiros, que desde o ano passado vem explorando ilegalmente madeiras nobres na região dos igarapés Preto e Velho Chico, afluentes do rio Juruá Mirim, na área sul do PNSD.

Os ribeirinhos afirmam ter encontrado um lote com 82 pranchas de madeiras, prontas para serem transportadas, e que só não foram ao acampamento por medo da reação dos invasores.

O ICMBIO já tem ciência dessa realidade no PNSD desde outubro de 2012, quando sobrevoou a área para apurar as denúncias feitas pelos moradores. Na época foram detectadas madeiras cortadas em três pontos e o ICMBio encaminhou as informações para o Exército e Polícia Federal, mas até o momento, nenhuma providência foi tomada.

Próximos posts

Ícone de folha de árvore Seja Voluntário SOS Amazônia

Tem sede de ajudar a mudar o mundo a sua volta?
Seja um voluntário SOS Amazônia, inscreva-se e em breve entraremos em contato

Ícone de folha de árvore Associe-se a SOS Amazônia

O seu apoio é fundamental para continuarmos a trabalhar pelo futuro da nossa floresta, rios, animais e da humanidade.
Afilie-se agora!

Ícone de folha de árvore Faça parte da equipe SOS Amazônia

Tem interesse em trabalhar na SOS Amazônia?
Nos envie seu currículo e faça parte da nossa base exclusiva de currículos


Ícone de folha de árvore Seja Parceiro SOS Amazônia

Tem sede de ajudar a mudar o mundo a sua volta?
Seja um voluntário SOS Amazônia, inscreva-se e em breve entraremos em contato