Falta de insumos coloca em risco a política de redução das emissões de gases do efeito estufa

Ícone de relógio fev 06, 2013

A S.O.S. Amazônia, em parceria com o Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA), vem realizando assistência técnica e extensão rural nas comunidades do Vale do Juruá desde setembro de 2012.

O objetivo geral dessa iniciativa, segundo a técnica ambiental da SOS Amazônia, Gleiciane Oliveira, é possibilitar a ‘Transição Agroecológica, Organização Social e Gestão da Propriedade’, por meio de atividades individuais e coletivas, compreendendo o planejamento, a execução e a avaliação dos resultados.

Mais de 40 comunidades são contempladas [relação completa], alcançando os municípios de Cruzeiro do Sul, Porto Walter, Marechal Thaumaturgo, Mâncio Lima e Rodrigues Alves – uma parceria que prevê alcançar 800 famílias.

As atividades têm a finalidade de orientar as famílias à adoção  da  técnica de roçados sustentáveis, consórcio da produção, melhor uso do solo,  controle de pragas, produção com visão de cadeia de negócios,  dentre outras. 

O projeto de ATER conta também com o apoio técnico da SEAPROF/PROACRE/BIRD para atender algumas comunidades. Dentre as quais estão: Vitória, Praia da Amizade, Muju, Grajau e Triunfo.

Dificuldades encontradas

No entanto, o produtor tem dificuldades em adquirir insumos. “Essa falta de recursos e a limitação dos programas governamentais impedem que o produtor obtenha sementes de mucuna e feijão de porco, materiais para construção de estufas, mudas para implantação de sistemas agroflorestais, etc. Quer dizer, a falta desses insumos coloca em risco a política de redução das emissões de gases do efeito estufa”, analisa os técnicos da SOS Amazônia.

 “A SOS Amazônia e o MDA estão fazendo um trabalho de ATER diferenciado, mas reconhecemos que ainda temos muito a fazer, por isso precisamos iniciar parcerias com instituições como a SEAPROF”, observa Gleiciane.

Dentre as comunidades já visitadas estão a Tapauna, Acuriá, Matrinchã, Iracema, Bagé, Estirão do Tejo, Oriente e Boa Vista, no município de Marechal Thaumaturgo. Veja como foram as visitas técnicas nas comunidades de Thaumaturgo e demais municípios  [Problemas encontrados, Orientações, Demandas]

Outras orientações prestadas às comunidades pela equipe técnica da SOS Amazônia | MDA]

Próximos posts

Ícone de folha de árvore Seja Voluntário SOS Amazônia

Tem sede de ajudar a mudar o mundo a sua volta?
Seja um voluntário SOS Amazônia, inscreva-se e em breve entraremos em contato

Ícone de folha de árvore Associe-se a SOS Amazônia

O seu apoio é fundamental para continuarmos a trabalhar pelo futuro da nossa floresta, rios, animais e da humanidade.
Afilie-se agora!

Ícone de folha de árvore Faça parte da equipe SOS Amazônia

Tem interesse em trabalhar na SOS Amazônia?
Nos envie seu currículo e faça parte da nossa base exclusiva de currículos


Ícone de folha de árvore Seja Parceiro SOS Amazônia

Tem sede de ajudar a mudar o mundo a sua volta?
Seja um voluntário SOS Amazônia, inscreva-se e em breve entraremos em contato