Dinâmicas Transfronteiriças

[testimonials avatar=”yes” image=”http://sosamazonia.org.br/oscip/wp-content/uploads/2011/12/polit-publicas.png” title=”O papel das Ongs e futuras parcerias binacionais” name=”Jaime Machineri ” desc=”Representante OPIAC e MAPIKARA”]
Todas as áreas de conservação do Brasil e as terras indígenas tinham que ter seu plano de manejo. Quando vejo as pessoas, da RESEX Alto Juruá, lutaram pelas suas liberdades e vidas. O futuro só eles sabem dá. Hoje as academias do alto Juruá não sabem o que é uma RESEX. Ela inclui tudo o que tá acontecendo aqui hoje. A gente hoje tá fazendo o plano de manejo da RESEX do Alto Juruá. Vai ser um documento que vai virar lei. O povo que mora lá vai ter sua palavra. Só uma identidade sozinha consegue fazer esse trabalho. Fui convidado pelo amigo que recebeu o edital pra fazer o plano de manejo da RESEX.
[/testimonials]

[testimonials avatar=”yes” image=”http://sosamazonia.org.br/oscip/wp-content/uploads/2011/12/polit-publicas.png” title=”O papel das Ongs e futuras parcerias binacionais” name=”Josias Mana” desc=”AMAAIAC”]
A formação dos AAFIs foi iniciado em 96. Somo 121 pessoas aqui no Estado do Acre. O trabalho da CPI, através de intercâmbios, formação. Com esses trabalhos temos nosso Plano de Gestão territorial e ambiental de nossa terra. Isso garante nossos recursos e nossa terra, pois cuidamos através do manejo. O intercambio nesse encontro deve ser bem aproveitado. Nosso território fica na fronteira do Brasil e peru. Podemos levar nossos conhecimentos para poder trabalhar em parceria. A amaaiac tem parceiro como opiac, CPI, assessoria indígena. E podemos trocar experiências aqui para saber e discutir o que está acontecendo.[/testimonials]

[testimonials avatar=”yes” image=”http://sosamazonia.org.br/oscip/wp-content/uploads/2011/12/polit-publicas.png” title=”O papel das Ongs e futuras parcerias binacionais” name=”JAntonio Barbosa de Melo” desc=”RESEX Alto Juruá e elaborador do plano de manejo”]
Todas as áreas de conservação do Brasil e as terras indígenas tinham que ter seu plano de manejo. Quando vejo as pessoas, da RESEX Alto Juruá, lutaram pelas suas liberdades e vidas. O futuro só eles sabem dá. Hoje as academias do alto Juruá não sabem o que é uma RESEX. Ela inclui tudo o que tá acontecendo aqui hoje. A gente hoje tá fazendo o plano de manejo da RESEX do Alto Juruá. Vai ser um documento que vai virar lei. O povo que mora lá vai ter sua palavra. Só uma identidade sozinha consegue fazer esse trabalho. Fui convidado pelo amigo que recebeu o edital pra fazer o plano de manejo da RESEX. [/testimonials]

[testimonials avatar=”yes” image=”http://sosamazonia.org.br/oscip/wp-content/uploads/2011/12/polit-publicas.png” title=”O papel das Ongs e futuras parcerias binacionais” name=”Francisco Pianko” desc=”RESEX Assessoria Indígena do Estado do Acre”]
Esse é um encontro que nos une, essa temática une e identificamos os pontos comuns dos povos da floresta. Esse trabalho é muito interessante pois a gente conseguiu superar as dificuldades do passado com a união de todos. O conselho do parque é um exemplo disso para que pudéssemos entender melhor o parque e as lideranças do parque. Foi um momento importante. Outra coisa foi os movimentos para criar as RESEX e TIs, importante para garantir os povos lá. Nem existia Município lá ainda. Foi muita luta até aqui.
A criação do GT transfronteiriço é outra luta. Criamos relações que podem ajudar nas relações que acontecem. A madeira, podemos ver que o problema n]ao era só com a comunidade indígena, envolveu o parque, a TI do Breu.
[/testimonials]